Acupunctura & Medicina Oriental


 

Algumas patologias tratadas pela Medicina Tradicional Chinesa

Dor aguda / crónica • Ciática • Traumas • Lombalgia • Emagrecimento Estética •
Queda de cabelo • Enxaquecas / cefaleias • Ansiedade / Stress  • Depressão • Insónias
• Gripes / Constipações • Rinite / SinusiteProblemas menstruais / Menopausa • Obstipação / Diarreia •
Hiper e Hipotensão • Dependência do tabaco • Doenças reumáticas • Infertilidade
• Recuperação de AVC •  Inúmeras doenças

.

2-b

 

ACUPUNTURA

Uma das áreas da Medicina Tradicional Chinesa. É a disciplina com maior projecção mundial. Técnica medicinal que consiste na colocação de agulhas muito finas em pontos específicos do corpo, com o objectivo de melhorar a saúde.
Recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para o tratamento de múltiplas doenças, com ensaios clínicos realizados.

MOXABUSTÃO  – Consiste na aplicação de calor nos pontos e meridianos. Este calor resulta da combustão de cones ou bastões de um composto específico de folhas de Artemísia vulgaris ou Artemísia princips. Tem propriedades antipiréticas, diuréticas, analgésico e curativas em inúmeras patologias.


4-a

 

 MASSAGEM TERAPÊUTICA TUINA

Técnica manual de estimulação de pontos e canais energéticos, também usados na acupunctura. Visa o restabelecimento do equilíbrio energético, para além do relaxamento muscular. Contribui para o tratamento de doenças.

Tuina para crianças: Substituto da acupunctura com excelentes resultados terapêuticos.

 


 

5-a

FITOTERAPIA

Conhecimento de origem milenar, envolve milhares de plantas, bem como composições de plantas medicinais em fórmulas.

Eficácia de importância maior no tratamento, com resultados observados empiricamente ao longo de milénios, e estudos científicos realizados, e em curso.

Apresentação em forma de cápsulas, comprimidos, xaropes e infusões.

 


3-b

 

ACONSELHAMENTO DIETÉTICO

Quando de conveniência para o tratamento, os alimentos são considerados de modo semelhante às plantas, prescrevendo-se uma dieta específica.

Após a realização do diagnóstico, pode ser recomendada a incidência em alguns alimentos, de acordo com os meridianos e orgãos em desequilíbrio.

Segundo a MTC os alimentos enquadram-se em 5 temperaturas: quente, morno, neutro, fresco e frio; e em 5 sabores. Numa dieta cuidada, estas características são equilibradas. Em caso de desarmonia serão ajustadas, até reatingir o equilíbrio físico e energético.

A relação entre sabores e orgãos é a seguinte: Amargo – Coração e Intestino Delgado; Doce – Estômago e Baço-Pâncreas; Picante – Pulmão e Intestino Grosso; Salgado – Rim e Bexiga; Ácido – Fígado e Vesicula Biliar.

 


 

tai-a

TAI CHI – CHI KUNG

Tai Chi é a abreviatura conhecida de Tai Chi Chuan, traduzida como Sistema de Combate do Fundamento Supremo. De origem Taoista, desenvolve e cultiva a força interna que se liberta: o Qi ou Energia Vital.

Chi Kung significa a arte de manipular a energia com êxito.

A técnica consiste numa série de movimentos lentos e relaxados, focados na prática meditativa, que geram muita energia. Direccionado para o auto-desenvolvimento, conduz gradualmente a um estado de bem estar físico, mental e emocional. Para o corpo é um exercício. Para a mente é um estudo de concentração, autocontrolo e visualização. Para a alma é um sistema de meditação.

Os benefícios da prática incluem o desenvolvimento do relaxamento, serenidade, concentração, equilíbrio, enraizamento, coordenação e centro, flexibilidade, aumento de energia vital e bem estar geral. Tem ainda propriedade preventivas e curativas para a saúde. É indicado para todas as idades, desde crianças, até à terceira idade.